News

   CARCI DESTACA SISTEMA DE REABILITAÇÃO ROBÓTICO NA FEIRA REABILITAÇÃO 2012

A Carci, empresa de aparelhos cirúrgicos e ortopédicos, destaca durante a feira os sistemas In Motion Robot e o de Captura de Imagens em tempo real. O primeiro é um sistema de reabilitação robótico interativo, que identifica, por meio de sensores, a intensidade de força que o paciente faz para realizar determinados exercícios e o estimula a superar os desafios, a fim de atingir os objetivos do tratamento.

Já o sistema de Captura de Imagem é composto por câmeras interligadas por softwares, com visualização em 3D, que capturam o movimento em tempo real e em alta velocidade do indivíduo. Este estudo do movimento biomecânico permite avaliar possíveis problemas de saúde e pode ser aplicado na área esportiva, pesquisa, reabilitação, educação física e treinamentos em geral.

 

Matéria veiculada em:
www.reabilitacao.com

 

 

  LABORATÓRIO DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS "MAPEIA" CAMINHADA

Exames servem para orientar cirurgias em pacientes com trauma ortopédico ou paralisia cerebral

O Laboratório de Marcha que fica no Centro de Reabilitação Lucy Montoro, do Hospital das Clínicas já realizou 454 atendimentos clínicos e é o único no interior do estado de São Paulo a utilizar o serviço para orientação de cirurgias e auxílio em tratamentos.

Em funcionamento desde agosto de 2010, o laboratório começou a sistematizar os atendimentos há um ano e hoje atende principalmente crianças com paralisia cerebral e pacientes com traumas ortopédicos.

Por meio de uma técnica avançada de captação de imagem com a ajuda de sensores, os profissionais conseguem "mapear" o caminhar de um paciente. Um programa de computador disponibiliza os movimentos na tela, que são analisados pela equipe e, a partir disso, os profissionais conseguem visualizar os movimentos do paciente e indicar o que ele está fazendo de certo e errado, por exemplo, ao caminhar.

A neuropediatra Carla Andrea Caldas, uma das responsáveis pelo laboratório, explica que o recurso ajuda os profissionais a avaliar melhor as indicações cirurgicas de um paciente, por exemplo. "Fazemos uma análise dos movimentos desse paciente antes e depois de uma cirurgia e conseguimos analisar se eles tiveram melhora e o que mudou nos movimentos executados", explica.

Paciente
Vinícius Ferreira Lacintra, 5 anos, de São Simão, já recebeu indicação de cirurgia para operar a perna direita. Ele tem paralisia cerebral e os movimentos da perna direita e parte da perna esquerda apresentam problemas. Com a análise feita pelo laboratório, foi possível saber a melhor cirurgia indicada para o caso dele.

"Por enquanto esse tipo de exame está disponível para os pacientes que já fazem algum tipo de acompanhamento no Hospital das Clínicas", afirma Carla Andrea.

As análises feitas no laboratório também conseguem apontar a funcionalidade dos músculos do corpo, o comprimento e a velocidade do passo, a largura da base de apoio do paciente e os ângulos articulados dos membros.

Programa refaz movimentos em 3D
O fisioterapeuta Rogério Ferreira Liporaci explica que para que as câmeras infravermelhas captem os movimentos, é necessário que sejam fixados nos pacientes os sensores, constituídos por esferas refletivas, com pigmentação especial de cristais de vidro. "As câmeras captam somente os marcadores. Para construir o movimento em três dimensões no computador é necessário que pelo menos duas câmeras captem o mesmo movimento simultaneamente".

O engenheiro Fernando Vieira é responsável por operar o programa que reconstrói o caminhar do paciente e compara os resultados com padrões normais, para indicar, por meio de gráficos, o que existe de errado nos passos do paciente.

"Esse tipo de tecnologia já é utilizada para a medicina esportiva, para avaliar lesões, melhores tipos de tratamento e até indicações de fisioterapia", explica Liporaci.

Matéria veiculada em:
www.jornaldacidade.com.br

 

 

    CARCI TRAZ EXCLUSIVA TECNOLOGIA PARA CAPTURA SUBAQUÁTICA EM MOVIMENTOS

Sistema de câmeras Qualisys Underwater é o primeiro do mercado a medir os movimentos dentro da água.



Pioneira na introdução de inovadoras tecnologias no mercado brasileiro para a área de reabilitação física, a Carci traz para o Brasil o Sistema Qualisys Underwater Oqus para captura de movimento em ambiente subaquático.

Primeira do mundo capaz de captar tanto os movimentos de pernas e braços do paciente para fora do scanner quanto em partes
do corpo deitado dentro sistema de ressonância magnética, a solução irá auxiliar atletas em preparação para as olimpíadas.


Dotado de alta tecnologia, o sistema permite a captura das imagens do corpo em movimento dentro da água, reproduzindo, em tempo real, todas as imagens na tela do computador. “A solução é única no mundo e permite acompanhar em detalhes o movimento e força empregados durante o exercício no ambiente aquático”, explica o diretor da Carci, Orlando Orlandi de Carvalho.

O diretor ressalta ainda que o recurso pode auxiliar tanto os atletas em processo de reabilitação como também na prevenção de lesões. “Cada vez mais a tecnologia tem proporcionado diagnósticos mais precisos e tratamentos mais efetivos”, diz.

Tecnologia 3D
Com tecnologia 3D o sistema Qualisys Underwater Oqus é composto de conjunto de câmeras de captura de movimento e software de modelagem visual 3D. Precisas, as câmeras registram as imagens e gravam vídeos em altas velocidade e resolução. Além disso,
apresentam como diferencial a mobilidade e interface amigável com computadores proporcionando total clareza na compreensão dos
resultados obtidos.

“Com recursos avançados, as imagens são projetadas em vídeo, resultando em uma prática ferramenta de biomecânica já que as
câmeras subaquáticas Oqus usam a mesma plataforma de captura de movimento das câmeras padrão Oqus para uso terrestre”, explica Carvalho.

Controlado através do software Qualisys Track Manager com as mesmas características de um sistema terrestre comum Oqus, a versão Underwater dispõe de sincronização com equipamento externo para transmissão de dados em tempo real. Além disso, cada câmera subaquática é testada sob pressão a 40 metros de profundidade.

Tratamento anti-corrosão permite a utilização tanto em tanques de água clorada ou até mesmo salgada. Peso e volume também são equilibrados para dar ao aparelho flutuação neutra e facilitar o manuseio. “Acabamos de apresentar os diferenciais do sistema aos visitantes da Feira Hospitalar 2012, o mais importante evento da área da saúde na América Latina”, diz Carvalho, que acrescenta: “A partir de agora vamos trabalhar a solução focados na demanda que aumentará com a preparação dos atletas brasileiros visando competir nas Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro”, revela.

Matéria veiculada em:
www.gazetasaude.com.br
www.redelajeado.com.br
www.segs.com.br

 

   NOTA DE PESAR

Faleceu em 07 de maio um dos expoentes da Fisioterapia Brasileira - Dra. Sonia Gusman.
 
Graduada em fisioterapia pela Universidade de São Paulo em 1967, foi uma das profissionais atuantes na luta e conquista da publicação do Decreto 938 – de 13 de outubro de 1969 - que reconheceu as profissões de Fisioterapia e Terapia Ocupacional.
 
Foi ainda a primeira profissional registrada no sistema como CREFITO de número 1 e também a primeira presidente do COFFITO.
 
Com a vida dedicada à Fisioterapia, Dra. Sonia foi pioneira no Brasil na Fisioterapia Neurofuncional, além de protagonista de diversas conquistas da profissão.
 
Com inúmeros cursos de especialização no Brasil, Europa e EUA, a profissional foi coordenadora e instrutora do Conceito Bobath no Brasil sendo a primeira representante brasileira na Confederação Mundial de Fisioterapia (WCPT).
 
Profissional devotada, empenhada na excelência, Dra. Sonia foi responsável pela formação de milhares de profissionais no Brasil e exterior, deixando uma lacuna irreparável no cenário da Fisioterapia Nacional.

 

  CARCI DISPONIBILIZA SISTEMA IN-MOTION ROBOTS

Solução utilizada para avaliação de movimentos e reabilitação física acaba de ser implantada na Rede Lucy Montoro.

Especializada em soluções para fisioterapia e reabilitação física, a Carci acaba de fornecer para a Rede Lucy Montoro o sistema InMotion Robot. Dotada de alta tecnologia, a solução é indicada para avaliação de movimento e reabilitação física.

Resultado de uma pesquisa de engenharia médica desenvolvida pelo Laboratório de Biomecânica Newman e Reabilitação Humana do conceituado Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), o inMotion Robot é único na indústria mundial. Foi testado pelos principais centros médicos em todo o mundo durante 10 anos, com aplicação em mais de 40 casos de estudos.

Orlandi de Carvalho, diretor da Carci, explica: “A robótica pode revolucionar tanto a medicina quanto a reabilitação física contribuindo para aprimorar a recuperação dos pacientes, já que os robôs oferecem ferramentas interativas para a avaliação e respostas mais significativas aos procedimentos”.

O executivo acrescenta ainda: “A utilização do InMotion Robot representa um grande avanço tecnológico, além de possibilitar a obtenção de melhores resultados em tratamentos de pacientes com difícil recuperação, como em casos de AVC, por exemplo.”

Preparada para oferecer reabilitação integral às pessoas como deficiência física através de consultas, reabilitação, terapia ocupacional, fisioterapia e tratamentos de última geração, a Rede Lucy Montoro conta atualmente com unidades em São Paulo.

Interatividade -Além de avaliar os movimentos do paciente, o InMotion Robot responde de forma interativa – principal diferencial em relação aos outros sistemas de terapia. “Como um médico experiente, o sistema orienta o tratamento dos exercícios e indica se o paciente é capaz de se mover”, esclarece Carvalho.

Outro diferencial é que a solução auxilia no movimento do paciente e assegura que sejam praticados de forma correta. O executivo acrescenta ainda: “Conforme o paciente for ganhando o controle dos movimentos o sistema oferecerá menos assistência e mais desafios para uma completa recuperação”, finaliza.

Matéria veiculada em:
www.revistahosp.com.br
www.revistahospitaisbrasil.com.br
www.revistafatorbrasil.com.br
www.redelajeado.com.br
www.segs.com.br
 

 

   CARCI PROMOVE 1º TREINO PRÁTICO DE MARCHA E BIOMECÂNICA QUALISYS / C-MOTION

Objetivo do evento é promover a interação com a tecnologia 3D e potencializar os recursos tanto em aplicações clínicas como na reabilitação física.

A Carci realiza o 1º Treino Prático de Marcha e Biomecânica Qualisys / C-Motion entre os dias 15 e 17 de maio em São Paulo. Destinado aos profissionais que atuam na área de biomecânica, análise de marcha e desempenho esportivo, o evento visa a aprimorar o conhecimento através da utilização das tecnologias disponíveis no mercado.

Representante exclusiva no Brasil das empresas Qualisys e C-Motion a Carci apresentará aos participantes os respectivos sistemas Qualisys Oqus com tecnologia 3D e análise biomecânica através de software de modelagem visual 3D. Abordaremos desde a introdução ao Visual 3D, preparação do paciente, pesquisas avançadas e apresentações dos usuários sobre aplicações e experiências com os sistemas", explica o gerente de Carci e um dos idealizadores do evento Orlando Orlandi de Carvalho.

Durante os três dias do evento os participantes terão contato com temas como: análise de movimento clínica, análise de desempenho esportivo e biomecânica em pesquisa, entre outros. "Após diversas solicitações de profissionais que já atuam na área resolvemos formatar o workshop para disseminar o conhecimento", destaca Carvalho, que acrescenta ainda: "Desta forma será possível conhecer mais sobre as soluções e os recursos proporcionados em casos pós-cirúrgicos e também para atletas de alto rendimento".

De acordo com Carvalho, a Carci tem acompanhado todas as inovações tecnológicas disponíveis no mercado para disponibilizá-las no Brasil. "Os avanços possibilitarão a obtenção de melhores resultados nos tratamentos e processos de reabilitação física", atesta o executivo.

Interação tecnológica
Primeira solução do mercado a medir os movimentos dentro e fora do sistema de ressonância magnética, o sistema Qualisys Oqus 300 é composto de câmeras de captura de movimento. Precisas, registram as imagens e gravam vídeos em altas velocidade e resolução. Além disso, apresentam como diferencial a mobilidade e interface amigável com computadores.

Já o software C-Motion é baseado na realidade virtual e proporciona a captura dos movimentos de forma realística e tridimensional, facilitando a análise e interpretação dos resultados. "Ao aprimorar a utilização e aumentar o conhecimento é possível de ampliar o escopo de atuação profissional", salienta Carvalho, que acrescenta ainda: "Com a evolução do setor de reabilitação física e a crescente demanda gerada por eventos esportivos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas é fundamental que os profissionais estejam aptos a interagir com os recursos tecnológicos".

Gratuito, o treino é limitado a três participantes por instituição. As inscrições devem ser feitas previamente através dos emails:
o.orlandi@carci.com.br
milena.santana@carci.com.br
vendas@carci.com.br


Matéria veiculada em:

www.revistahosp.com.br
www.revistain.com.br
www.revistahospitaisbrasil.com.br
www.portalsaudezn.com.br
www.redelajeado.com.br
www.pingado.terra.com.br
www.incorporativa.com.br
www.jornow.com.br
www.saudeweb.com.br
www.guiasweb.com.br

 

 

  CARCI APÓIA ATLETAS OLÍMPICOS DO SALTO HORIZONTAL

SOLUÇÕES OFERECIDAS PELA EMPRESA SÃO UTILIZADAS NA REABILITAÇÃO.

Atenta à relevância dos esportes no cenário atual, a Carci apóia a reabilitação dos atletas de salto horizontal da seleção brasileira.

Um completo conjunto de equipamentos e soluções foi disponibilizado pela empresa para utilização da equipe, que conta com a participação da atleta Maurren Maggi.

Dirigida pelo técnico Nélio Alfano Moura, conhecido como o “treinador nacional de saltos” da Confederação Brasileira de Atletismo, com experiência à frente de seleções brasileiras desde 1990, e com coordenação do fisioterapeuta Alexandre Dias Lopes, a equipe conta com alguns dos melhores esportistas da América do Sul que treinam no Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, no Ibirapuera (São Paulo).

“Para a Carci fornecer soluções determinantes para o bom desempenho dos atletas é uma forma de prestigiar o esporte brasileiro”, atesta o gerente da Carci, Orlando Orlandi de Carvalho, que complementa: “Os recursos, além de contar com o que há de mais sofisticado em termos de tecnologia também colaboram para que os profissionais que acompanham a equipe tenham maior acurácia no diagnóstico e respostas mais rápidas aos tratamentos”.


Clínica completa
Entre os produtos disponibilizados pela Carci está a linha Gynastic Ball. Indicadas para exercícios físicos, de alongamento e relaxamento, as bolas auxiliam no equilíbrio corporal, transferência de peso e na propriocepção.

Já para o tratamento de disfunções como luxações, fraturas, contraturas e espasmos musculares, além de inflamações agudas e crônicas, está a disposição dos atletas o Ultrassom Sonomed.

Matéria veiculada em:

www.segs.com.br
www.redelajeado.com.br
www.jornow.com.br
www.saudeweb.com.br
www.difundir.com.br
www.incorporativa.com.br
www.revistafator.com.br
www.portaldoempreendedor.com.br

 

   CARCI FORNECE ISOCINÉTICO BIODEX PARA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA

A Carci acaba de fornecer um aparelho isocinético Biodex para a Universidade Estadual de Londrina.

O equipamento será utilizado pelo Grupo Paifit – Grupo de Pesquisa em Avaliação e Intervenção em Fisioterapia.

Indicado para a avaliação músculo-esquelético, o sistema dispõe de alta tecnologia para análise das condições físicas reais dos pacientes. Distribuída com exclusividade no Brasil pela Carci, a solução é uma das mais sofisticadas disponíveis no mercado para auxiliar fisioterapeutas e médicos na análise das condições dos atletas.
 

“O aparelho proporciona total acurácia, fornecendo aos profissionais subsídios para desenvolver tratamentos mais eficazes”, esclarece o diretor da companhia, Orlando de Carvalho.

Com interface amigável, o isocinético conta com sistema de visualização de desempenho através de gráficos. “De fácil compreensão, a informação também funciona como efeito motivador: com a interação total do paciente são obtidos melhores resultados nos tratamentos”, destaca Carvalho.

Além disso, o modelo dispõe de um software específico que, acoplado a um dinamômetro, encarrega-se de fazer a coleta dos dados e gerar relatórios para acompanhamento de cada caso. “A versatilidade proporcionada por intermédio da eletromiografia de superfície (EMG) oferece uma opção a mais para a apuração do diagnóstico”, acrescenta o diretor.

Matéria veiculada em:

www.revistahospitaisbrasil.com
www.hospitalar.com
www.segs.com.br
www.redelajeado.com.br
www.guionardofurlan.com.br
www.portaldoempreendedor.com.br